O Povo de DEUS

DEUS tem um povo neste mundo? Sim.

Isto significa dizer que DEUS escolheu um povo do meio dos povos que estão no mundo? Sim.

Espera aí, mas está escrito que DEUS não faz acepção de pessoas, não está? Sim.

Então como se explica isto?

Está escrito: “…aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados.

DEUS chama de “Seu Povo” ao povo que O escolhe como DEUS.

DEUS chama de “homem de DEUS” ao homem que escolhe servi-Lo.

DEUS chama de “mulher de DEUS” à mulher que escolher servi-lo.

DEUS criou a todos nós e em todos nós está o Seu Espírito que nos dá vida, portanto, seria sem lógica pensar que DEUS escolheria entre as pessoas que Ele criou numa atitude unilateral, ou seja, só considerando o lado de Dele.

Até porque, todo o valor que Ele nos dá já está implícito e explícito no fato de Ele sustentar a nossa vida, porque nós não temos vida sem DEUS, muito menos o poder de sustentar a nossa vida, portanto o fato de estarmos vivos já é a maior prova do valor que DEUS nos dá.

Fica então faltando a nossa parte de valorizá-Lo como DEUS na nossa vida, uma vez que não somos marionetes, mas temos o Livre Arbítrio que DEUS nos deu.

Quando valorizamos DEUS na nossa vida e O tornamos, pelo nosso livre arbítrio, nosso DEUS, então somos “Povo de DEUS”.

E quanto ao povo de Israel que é chamado de Povo de DEUS? O povo de Israel é chamado de Povo de DEUS por causa de Abraão, porque Abraão escolheu ter DEUS como DEUS em sua vida e por isto DEUS prometeu a Ele que toda a sua geração seria bendita.

Mas entenda, o povo de DEUS é chamado como “Povo de DEUS” coletivamente, mas individualmente, ou seja, homem a homem, mulher a mulher, vai depender da conduta de cada um. Por isto está escrito: “Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo“, ou seja, somente os que permanecerem firmes nas promessas de DEUS e continuarem servindo a DEUS como seu DEUS.

DEUS diz “.. porque visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração dos que me aborrecem e faço misericórdia em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos.”, isto significa que um homem que busca servir a DEUS com integridade, tendo-O como DEUS em sua vida, DEUS terá consideração para com a sua descendência, ou seja, seus filhos e suas filhas por milhares de anos, e é isto que acontece com o povo de Israel. DEUS os chama de meu povo por causa de Abrão, mas nem todos de Israel são israelitas, como também está escrito, porque somente são Israelitas os que o são pela fé nas promessas feitas a Abraão.

Para os israelitas, crer nas promessas feitas a Abrão, também significa aceitar ao SENHOR JESUS CRISTO como SENHOR e Salvador e isto nem todos os israelitas aceitam.

Para nós, gentios*, ou seja, que não somos israelitas, temos que aceitar as promessas feitas a Abraão e andarmos segundo os mandamentos que DEUS deu a Israel, por causa da promessa feita a Abraão de separar a sua descendência, e aceitarmos ao SENHOR JESUS CRISTO como nosso SENHOR e Salvador, para também sermos considerados como Povo de DEUS.

*Gentios são os que não creem nas promessas feitas a Abrão, que não andam segundo os mandamentos de DEUS e não consideram o SENHOR JESUS CRISTO como SENHOR e Salvador.

Concluindo, qualquer um pode ser considerado como fazendo parte do Povo de DEUS neste mundo, bastando para isto, crer no único DEUS verdadeiro, crer nas promessas que Ele fez a Abraão, aceitar ao SENHOR JESUS CRITOS como SENHOR e Salvador e andar segundo os mandamentos que Ele nos deu.

 

Tags: