A igualdade social entre homens e mulheres

A igualdade social entre homens e mulheres não existe, mas homens e mulheres insistem nessa tese contrariando a vontade de DEUS.

O maligno mentiu para a mulher lá no princípio, no Éden, e continua mentindo até hoje e a mulher continua acreditando.

O homem por sua vez, também lá no princípio, no Éden, tomado por um sentimento de compaixão, entendo eu, ao ver a triste situação da mulher após o pecado, resolveu seguir com ela e apoiá-la, e, tristemente, também continua no mesmo sentimento e apoiando a mulher, como se isto pudesse mudar a situação da mulher.

A mentira da igualdade social entre homens e mulheres leva as mulheres a não considerarem o seu relevante papel e o tamanho da sua responsabilidade na construção da família e de uma consequente sociedade equilibrada.

A igualdade social entre homens e mulheres jamais existirá, pois DEUS nos criou para exercermos papéis bem definidos na sociedade e assim um homem não consegue fazer o papel de mulher e desprezar o seu papel de homem e nem uma mulher consegue fazer papel de homem e desprezar o seu papel de mulher.

A igualdade somente existiria se fosse possível ao homem e a mulher inverterem os seus papéis na sociedade completamente e isto não é possível a nenhum dos dois.

Foi DEUS Quem estabeleceu a condição social da mulher neste mundo após o pecado. Foi DEUS Quem disse à mulher: “Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.”.

Para começar, DEUS deu mais uma atribuição ao homem, a qual ele não tinha antes do pecado.

Antes do pecado DEUS disse que o homem e a mulher dominariam “sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todo animal que se move sobre a terra”.

Depois do pecado, DEUS não mudou essa atribuição para a mulher, mas acrescentou a atribuição de ter que dar satisfações ao homem e de se deixar dominar pelo homem e o homem ouviu o que DEUS disse à mulher.

Observe que DEUS não disse ao homem para dominar a mulher e nem exigir dela coisa alguma, mas que a mulher deveria dar satisfações ao homem e se deixar dominar por ele, isto é, o domínio do homem sobre a mulher tem origem na atitude da mulher e não do homem, da mesma forma que o pecado tem origem na mulher e não no homem, porém o homem ficou consciente do que DEUS disse à mulher e entendeu que tinha mais uma atribuição que é a de dominar a mulher, mas como disse, não como uma iniciativa sua, mas da mulher. O que o homem precisa então é ter em mente a vontade de DEUS e exercitar a compaixão para com a mulher, a mesma compaixão que ele teve quando viu que ela tinha comido da árvore da ciência do bem e do mal, da qual DEUS disse para não comer, e caiu em transgressão junto com ela para a proteger.

Quando uma mulher está para dar à luz filhos, o homem tem que contemplar toda a dor que a mulher passa e não tem como evitar isto, não importa o quanto ele a ama e nem quanto ele gostaria de poupá-la daquela dor, porque foi DEUS Quem impôs essa condição para a mulher. Uma coisa curiosa a se observar é a cesariana, a qual é uma forma que um homem criou para buscar aliviar o sofrimento da mulher provocado pelo parto normal, mas que, em contra partida, é uma das cirurgias de maior risco que existe para a mulher.

Da mesma forma o homem tem que contemplar e aceitar que a mulher venha lhe dar satisfações sobre o que quer e se deixar dominar por ele, não porque ela quer, mas porque foi uma condição de vida que ela recebeu de DEUS.

E é aqui, neste ponto, que surgem os problemas entre homens e mulheres, que até hoje, se recusam a fazer a vontade de DEUS. E também neste ponto eu quero lembrar, que o SENHOR JESUS CRISTO disse que só entra no Reino dos céus aquele que faz a vontade do Pai que está nos céus.

O homem não quer ficar dando orientações a mulher sobre tudo o que ela quer fazer e a mulher não quer dar satisfações ao homem sobre tudo o que ela quer fazer.

O homem não quer dominar a mulher e a mulher não quer se deixar dominar pelo homem.

E então ambos, homem e mulher, cometem o maior erro de suas vidas e que leva ao caos os relacionamentos entre homens e mulheres, dizem um para o outro que eles são iguais socialmente e que não há diferença entre eles.

Homens querem compartilhar todas as decisões com as suas mulheres para dividir com elas as responsabilidades, mas deixam de levar em consideração que a despeito de qualquer coisa, DEUS colocou a responsabilidade sobre o homem, pois depois do pecado, a responsabilidade ficou somente sobre ele, uma vez que DEUS disse que o desejo da mulher seria para o seu marido.

Mulheres querem exigir de seus maridos que compartilhem com elas todas as decisões que eles tomam, trazendo para si uma responsabilidade que não é delas e sim dos homens.

Quando buscamos entender e paramos para meditar no significado da palavra dominar em todos os sentidos da palavra, conseguimos entender porque o homem se recusa a aceitar ter que dominar a mulher e porque a mulher se recusa a se deixar dominar.

Dominar no sentido de Governar significa:
reger, sujeitar, coordenar, mandar, governar, comandar, imperar, tiranizar, influenciar, reinar, domar.

Dominar no sentido de Conter significa:
reprimir, moderar, conter, controlar, abafar, refrear, reduzir, vencer, subjugar, regular.

Dominar no sentido de Conhecer significa:
entender, conhecer, saber.

Dominar no sentido de Prevalecer significa:
elevar-se, prevalecer, preponderar, predominar, sobressair, distinguir-se, ultrapassar, ressaltar.

Dominar no sentido de Ocupar significa:
tomar, envolver, conquistar, abranger, cobrir, ocupar

Percebe-se pelos significados da palavra dominar que para exercer o domínio é preciso se envolver diretamente, é preciso estar atento, é preciso se informar, é preciso exercer compaixão, é preciso ter misericórdia, é preciso querer fazer certo, é preciso amar, isto é, fazer o bem, para ao final vencer sempre.

Se deixar dominar significa por outro lado esperar daquele que domina que ele está envolvido diretamente, que ele está atento, que está informado, que ele pratica a compaixão, que é misericordioso, que se esforça por fazer o que é certo, que ama, isto é, faz o bem, para ao final se deixar vencer sempre.

Isto envolve dor e sofrimento de ambas as partes.

Raciocine e pare para meditar na relação de DEUS conosco. DEUS tem que ter todo o domínio sobre nós e nós temos que nos deixar dominar por DEUS.

Raciocine e pare para meditar quanta dor e sofrimento isto requer de DEUS e de nós.

DEUS, para ter o domínio sobre nós, teve que ser misericordioso para conosco e nos doar o que tinha de mais precioso, o Seu Único Filho.

O SENHOR JESUS CRISTO, o Filho de DEUS, para ter domínio sobre nós, teve que sofrer todo tipo de provação aqui neste mundo e não transgredir os mandamentos do Pai e por fim dar a Sua Vida, derramando o Seu Sangue, puro e sem pecado, por nós.

Nós, se queremos demonstrar que aceitamos o domínio de DEUS sobre nós, temos que abandonar as nossas velhas práticas, abandonar o nosso velho eu, e buscar viver um novo modo de vida, um modo de vida que é aprovado por DEUS. Isto requer de nós dor e sofrimento.

Portanto, para que haja paz entre homem e mulher, ou melhor entre marido e mulher, é preciso que ambos se enquadrem na vontade de DEUS.

Que a mulher participe ao marido todo o seu querer e que o homem aceite que a mulher precisa lhe participar o seu querer para que ela possa estar sob a vontade de DEUS e que por isto é preciso que ele, o marido, seja paciente e tolerante para com ela.

Que a mulher se submeta ao marido e que o homem aceite que a mulher precisa se submeter para que ela possa estar sob a vontade de DEUS e que por isto é preciso que ele, o marido, seja misericordioso para com ela.

Medite nessa palavra. Não podemos deixar que o maligno continue mentindo para nós.

Leia a Bíblia. Medite em seu conteúdo.